Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais conquista “Selo Instituição Socialmente Responsável” da ABMES 2022-2023.

06/01/2023

selo-abmes

 

Como resultado do compromisso social e estímulo ao desenvolvimento de ações geradoras de impacto e transformação na comunidade durante o ano de 2022, a Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais (FCM-MG) conquistou o “Selo Instituição Socialmente Responsável”, conferido pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), na 18ª edição da Campanha de Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular.

As diversas ações sociais da FCM-MG são fundamentais para a construção de um aprendizado coletivo e transformador, promovendo o diálogo e a promoção entre educação e sociedade. Ao todo, foram realizadas 497 atividades extensionistas vinculadas a 14 programas institucionais, que beneficiaram mais de duas mil pessoas. Entre as atividades, destacam-se:

  • Atendimento em equoterapia para crianças no CERCAT – Centro de Equoterapia do Regimento de Cavalaria Alferes Tiradentes, em Belo Horizonte. Ambiente de prática dos alunos de Fisioterapia, Psicologia e Medicina.
  • “Farmácia” Solidária que compreende a captação de doações de medicamentos e repasse para a população carente de forma gratuita, mediante receita médica.
  • Oficina de produção de absorventes sustentáveis no Ambulatório do Carmo Sion em Belo Horizonte, com distribuição gratuita para adolescentes de escolas estaduais e mulheres em situação de vulnerabilidade.
  • Execução, construção e incentivo para manutenção da Horta Comunitária na Vila Acaba Mundo (BH), espaço semipúblico e compartilhado para cultivo de frutas, legumes e flores.
  • Reativação da Biblioteca Comunitária na APAC masculina de Nova Lima.
  • Programa de meditação “Medita lá”, desenvolvido por alunos do curso de Medicina, realizado no Hospital João XXIII de BH, oferecendo aos profissionais de saúde espaços de meditação guiada com objetivo de promover a saúde mental, física e emocional.
  • Palhaçaria Hospitalar “A Terapia do Riso”, realizada por estudantes de Medicina, sob orientação de uma docente atriz, com expertise em palhaçaria hospitalar. São realizadas visitas semanais em hospitais públicos de BH que promovem a interação entre os palhaços e os pacientes, por meio de contação de histórias, brincadeiras, declamação de poesias e apresentações de dança.

 

 

  • Avaliação de atletas, pelos alunos de fisioterapia devidamente supervisionados, para pré-temporada de futebol na Associação Desportiva Frigoarnaldo em Contagem.
  • Ações de promoção à saúde com a população em situação de rua de Belo Horizonte, desenvolvidas no contexto da disciplina Saúde Coletiva II do curso de Medicina, cujas ações foram planejadas considerando as necessidades prioritárias do Centro de Saúde Oswaldo Cruz.
  • Exercícios físicos para mulheres na pós-menopausa, realizados no Ambulatório da Faculdade Ciências Médicas (ACM), integrando o projeto MULHERES ATIVAS: o exercício físico como promoção da saúde.
  • Realização de intervenções dos alunos de Fisioterapia, Medicina, Enfermagem e Psicologia, junto aos pacientes com doença de Parkinson, atendidos no Ambulatório Ciências Médicas, em parceria com a Associação de Parkinsonianos de Minas Gerais.
  • Orientações sobre higiene e cuidados com a saúde para mulheres em situação de vulnerabilidade/violência, na APAC feminina de Belo Horizonte.
  • Oficinas de pintura, música, teatro e apresentações culturais realizadas pelos alunos da FCM-MG, para estudantes de escolas públicas de Belo Horizonte.
  • Avaliação biopsicossocial de “pacientes jurídicos” com transtorno mental, em parceria com o TJMG, para auxiliar na adequação das penas, realizada na sede do PAI-PJ, pelos alunos de Psicologia, com visitas aos dispositivos da rede de saúde, assistência social e visitas domiciliares.
  • Atuação de grupos de atividades físicas e fisioterapia para idosos no Ambulatório Ciências Médicas e com sessões à distância, por meio das redes sociais.
  • Intervenções em saúde, como exames de acuidade visual realizados pela Liga Acadêmica de Oftalmologia, sob supervisão docente, nas escolas do bairro Taquaril (BH).
  • Projeto CRÊ-SER que contempla práticas de educação em saúde com oficinas sobre segurança alimentar, prevenção ao bullying e à violência, na Escola Municipal Hugo Werneck, no bairro Grajaú.

 

 

Além dos projetos institucionais, em 2022, as 27 ligas acadêmicas da FCM-MG realizaram mais de 180 ações de extensão vinculadas a 34 projetos de pesquisa, alcançando um público de mais de 8.600 pessoas. As atividades incluem mutirões de cirurgia ambulatorial; treinamento de primeiros socorros para brigadistas florestais e estudantes de ensino médio; campanhas de prevenção ao câncer de pele, de mama e de próstata; curso de empreendedorismo para mulheres em situação vulnerável; escuta ativa e acolhimento a familiares de crianças com doenças raras; teste de acuidade visual em escolas e creches; análise da marcha e orientações para atletas na corrida da Polícia Federal, juntamente com a equipe multidisciplinar do Grupo de Estudos Movimento Humano e a Liga de Cardiologia; ações de acolhimento e orientações sobre a saúde mental em escolas e asilos; além da produção contínua de materiais informativos para campanhas de promoção da saúde em praças, feiras, locais públicos e nas redes sociais.

Todas essas ações são apoiadas pelo Setor de Pesquisa e Extensão da FCM-MG que tem como missão viabilizar projetos no contexto da política de desenvolvimento de atividades em diversas modalidades, como supervisão das ligas acadêmicas, projetos institucionais e o apoio às atividades extensionistas curriculares vinculadas aos cursos de graduação em Medicina, Fisioterapia, Psicologia, Enfermagem e Odontologia, além de atividades de extensão conjuntas com o curso de pós-graduação stricto sensu em Ciências da Saúde.

A integração das ações e o impacto alcançado refletem o compromisso institucional da Fundação Educacional Lucas Machado e seus institutos Ciências Médicas com seu potencial transformador, proporcionando maior qualidade de vida e bem-estar à população.

 

 

O selo de responsabilidade social ABMES chancela a política institucional de responsabilidade social e traz reconhecimento para as ações desenvolvidas pela FCM-MG, cujo objetivo é a melhoria da qualidade de vida e o desenvolvimento sustentável, visando à transformação da sociedade na qual está inserida.

Saiba mais sobre a Responsabilidade Social da FCM-MG. Acesse: www.cmmg.edu.br/a-faculdade/responsabilidade-social

Voltar ao topo