• 14/07/2020

    Nos últimos anos, têm se consolidado no Brasil e no mundo diretrizes médicas que preconizam procedimentos mais eficazes e menos invasivos, para reduzir riscos e potencializar resultados. A Ginecologia é uma das especialidades que, já há algum tempo, vêm lançando mão de técnicas menos agressivas ao corpo humano e proporcionando ganhos expressivos para o tratamento das pacientes.

    Pioneiro em cirurgia minimamente invasiva em Minas Gerais, o professor de Ginecologia da FCM-MG Walter Prata Pace inaugurou junto com a Ciências Médicas, em 2006, o curso de Pós-graduação em Ginecologia Minimamente Invasiva. “A cirurgia, de forma geral, vem caminhando para um conceito minimamente invasivo. Criamos um curso dedicado a três eixos de atuação”, afirma o professor, referindo-se à histeroscopia e video-histeroscopia, à laparoscopia e à cirurgia vaginal, passando pela uroginecologia.

    De acordo com o professor, o formato é exclusivo no Brasil por incorporar a cirurgia vaginal e a uroginecologia, o que possibilita uma abordagem mais completa do médico especialista e atrai interessados de diversas regiões do país. O curso é essencialmente prático. Os participantes têm a oportunidade de operar pacientes com a devida supervisão e o acompanhamento de professores que estão entre os maiores profissionais da área – vários deles integram o corpo docente da Faculdade, e alguns são convidados de outras instituições do país.

    Generosidade a serviço do ensino e do bem-estar

    Em 2020, o curso de Ginecologia Minimamente Invasiva forma a sua 15ª turma de especialistas, chegando a quase 600 médicos capacitados. O médico e professor Walter Pace salienta a atuação dos professores envolvidos, que se dedicam e compartilham seus conhecimentos de forma muito generosa. “Formamos mais do que um time, uma família de professores que cresceram juntos e hoje se destacam em suas áreas de atuação. Somos muito gratos a eles pelo aprendizado que propiciam aos nossos alunos, com tanto carinho e empenho. Ficamos orgulhosos ao constatarmos que, a cada ano, esse time se torna maior e mais engajado.”

    O professor destaca ainda as contribuições da Faculdade Ciências Médicas e da Feluma, representadas pelo presidente, Dr. Wagner Eduardo Ferreira, e pelo superintendente Flávio Amaral, que nunca pouparam esforços para que o curso se tornasse um dos mais procurados por médicos de todo o país. “Sem o apoio da Feluma e do Hospital Universitário Ciências Médicas, não teríamos chegado aonde estamos. Somos gratos também ao SUS, que, por meio da Prefeitura de BH, nos encaminha os pacientes, e aos alunos, por nos confiarem a missão de transmitir nossos conhecimentos e contribuir para uma formação tão importante.”

    Vem aí

    A Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais se prepara para realizar, em 2021, o III Congresso Brasileiro de Ginecologia Minimamente Invasiva. O evento vai reunir profissionais de todo o país para discutir técnicas, tendências e inovações na área. A programação está em fase de elaboração e deve ser divulgada em breve. Fique atento!

  • 14/07/2020

    Médicos referência no Brasil e no exterior debatem sobre os avanços da cirurgia robótica em especialidades como Urologia, Coloproctologia, Ginecologia, Cirurgia Torácica e Cirurgia Geral

    Durante os meses de julho e agosto, o Instituto de Cirurgia Robótica e a Pós-graduação Ciências Médicas de Minas Gerais realizam uma série especial de webinars com temáticas importantes para o contexto atual da Cirurgia Robótica. O objetivo da série é falar sobre os benefícios desta modalidade cirúrgica para o paciente e os avanços da medicina.

    A iniciativa foi idealizada pelo diretor técnico e pela coordenadora do Instituto de Cirurgia Robótica Ciências Médicas – MG, Dr. José Eduardo Távora e a enfermeira Gisele Junger, juntamente com os médicos Dr. Bruno Nahar, que é professor na Universidade de Miami, Dr. Fernando Vasconcelos e Dr. Gustavo Guimarães, ambos coordenadores do curso de Cirurgia Robótica da Pós-graduação Ciências Médicas – MG. O evento receberá profissionais conceituados no mercado nacional e internacional para debater a importância desta modalidade cirúrgica, que é inovadora e traz diversos benefícios para os pacientes.

    No primeiro encontro, no dia 7 de julho, sob a organização dos médicos Dr. Daniel Bonomi, Dr. Frederico Lins e Dr. Ricardo Terra, cinco profissionais apresentaram temas ligados à Cirurgia Torácica.

    O segundo webinar, marcado para o dia 14 de julho, tratará sobre casos da Urologia que serão debatidos pelos médicos Dr. Bruno Nahar, Dr. Gustavo Guimarães, Dr. Rodrigo Frota e Dr. André Lopes Salazar, sob a moderação do Dr. Rafael Jacob, e terá como palestrante internacional o Dr. Mark Gonzalgo, professor na Universidade de Miami.

    No terceiro encontro da série, no dia 16 de julho, os debatedores Dr. Leandro Totti e Dr. Marcelo Furtado discutirão sobre a “Hérnia da Parede Abdominal”, conforme apresentações dos médicos Dr. Diego Paim, Dr. Sérgio Roll e Dr. Gustavo Soares.

    Os webinars têm duração de uma hora e meia e serão transmitidos ao vivo no canal da Pós-graduação Ciências Médicas no YouTube . Após a apresentação, os convidados responderão a perguntas enviadas pelos internautas.

    Fique ligado nas redes sociais da Ciências Médicas – MG para acompanhar a agenda completa da série de webinars sobre Cirurgia Robótica!

  • 07/07/2020

    Depois de reforma predial, salas, laboratórios, biblioteca e inauguração do Teatro Feluma, a FCM-MG continua em fase de expansão para propiciar mais espaços que favoreçam a prática docente e o aprendizado qualificado dos alunos. Já foram iniciadas as obras de ampliação do Ambulatório Ciências Médicas, na Av. dos Andradas (próximo à Faculdade).

    Serão construídas 27 modernas salas multiuso, que poderão ser usadas para aulas teóricas e práticas, de acordo com a necessidade, todas com estrutura inteligente, podendo ser trancadas e abertas à distância, liberadas por reconhecimento facial e equipadas com projetores em touch screen. Além disso, o número de consultórios do Ambulatório será ampliado, elevando para mais de 80 unidades. Haverá ainda áreas administrativas de apoio aos discentes, auditório com 100 lugares, restaurante e área de convivência, que será parcialmente coberta para permitir melhor interação com o ambiente. O local passará a ter 7.367,74m² e diversos novos espaços, sempre com foco no conforto e ambiente favorável ao bem-estar de alunos e professores.

    A expectativa é que esta expansão do Ambulatório Ciências Médicas esteja concluída em junho de 2021, quando será disponibilizada à comunidade acadêmica. O cronograma de obras prevê a conclusão das fundações ainda neste mês de Julho/2020, já a estrutura em novembro próximo e o acabamento externo em meados de janeiro/2021. Para cumprir esses prazos, as obras de acabamento e instalações internas do edifício ocorrerão concomitante com a construção da estrutura e acabamento externo.

    Em breve divulgaremos mais informações sobre a evolução da obra. Fique ligado em nossos canais.

  • 22/06/2020

    As portas da Serraria Souza Pinto estão abertas, desde o dia 13 de junho, para acolher moradores em situação de rua de Belo Horizonte, que hoje são mais de 9.066 pessoas. Sensibilizada e consciente da necessidade desses moradores, ainda mais vulneráveis neste momento de pandemia, a Feluma – Fundação Educacional Lucas Machado entrou em parceria com a Pastoral de Rua da Arquidiocese de BH na ação chamada “Canto da Rua Emergencial”. Foram doados, para um período de 90 dias, kits de higiene pessoal e desinfecção, que estão sendo entregue aos que procurarem o local.

    Com capacidade para atender até 600 pessoas, o local funciona de todos os dias da semana, de 07h às 14h. Todos terão que passar por uma barreira sanitária, para higienizar as mãos e receber máscaras e luvas, sendo esse o protocolo inicial adotado para o espaço. Após passar por essas medidas os moradores são direcionados aos serviços oferecidos, como banho, kit alimentação, escuta social etc.  A ação é uma realização da Pastoral de Rua da Arquidiocese de BH, do Instituto Unibanco e do Vicariato Episcopal para Ação Social, Política e Ambiental, tendo como apoiadores além da Feluma e Faculdade Ciências Médicas, o Governo do Estado de Minas Gerais e a Prefeitura de Belo Horizonte.

    Apoiar essa iniciativa significa contribuir para proporcionar condições mais dignas e acolhimento para pessoas que têm extrema necessidade, portanto é uma ação que tem propósito alinhado à Feluma (Fundação Educacional Lucas Machado), que atua com foco na inclusão e na disseminação da diversidade étnica e cultural e para a redução das desigualdades, promovendo avanços na metodologia de ensino-aprendizagem para a formação de profissionais.

  • 11/06/2020
Voltar ao topo