Fellowship em glaucoma: curso realiza imersão nos estudos da doença

19/03/2020

A 3ª edição do “Curso Básico ao Fellowship em Glaucoma” realizada nos dias 6 e 7  de  março, na Faculdade Ciências Médicas-MG. Ofertado pelo Instituto de Olhos Ciências Médicas (IOCM), o curso abordou as principais pautas para a formação do especialista na doença. 

O evento, que foi conduzido pelos organizadores Dr. Marcos Vianello e Dr. Tiago Prata, contou com a presença de especialistas no assunto, especializandos e residentes em glaucoma. O objetivo do curso é oferecer um nivelamento para a boa formação na área. “Quando os alunos ingressam na oftalmologia, existem cursos básicos que objetivam nivelar o ensino. Dessa maneira, os residentes que receberam uma educação heterogênea, com o introdutório, conseguem equiparar o conhecimento”, destaca Tiago Prata, professor do departamento de oftalmologia da Escola Paulista de Medicina.

Para proporcionar uma visão aprofundada da doença, o curso prepara os especializandos para exercer a prática clínica. A formação introdutória foi ministrada para 41 participantes, alunos de diversas instituições. “O curso é importante por trazer conhecimentos essenciais sobre o glaucoma e ensinamentos fundamentais para minha atividade prática”, ressalta a residente Marina Santana Carvalho. 

Com o objetivo de expandir o curso em outras localidades, Dr. Marcos Vianello, chefe do departamento de glaucoma e catarata do IOCM, explica: “os representantes da Sociedade Brasileira de Glaucoma viram no curso uma base fundamental que deveria ser replicada. Com esse objetivo, estamos começando a expandir pelo país  e a Ciências Médicas é referência no curso introdutório”.

Durante o evento, mais de dez profissionais compartilharam conhecimentos e abordaram temas como identificação da doença, os exames para a detecção do glaucoma e as possibilidades de tratamento. 

Além disso, os participantes puderam aprender sobre os procedimentos cirúrgicos, aspectos epidemiológicos, fatores de risco e a apresentação de casos clínicos. 

 

SOBRE O GLAUCOMA

Provocando lesões no nervo óptico, o glaucoma é causado pela pressão elevada  intraocular. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aproximadamente 2,5 milhões pessoas são portadoras da doença. 

Considerada a segunda maior causa de cegueira no mundo, ficando atrás da catarata, o glaucoma é uma doença silenciosa que afeta a visão lentamente. Em muito casos, a doença não apresenta os sintomas iniciais e o paciente só recebe o diagnóstico quando se está em estágio avançado.

O glaucoma é detectado por meio de exame oftalmológico completo, incluindo a checagem da pressão intraocular, avaliação do nervo óptico, entre outros. Para um diagnóstico precoce e avaliação da saúde ocular, deve-se consultar o oftalmologista regularmente.

 

Voltar ao topo