Ciências Médicas e Feluma apoiam Pastoral de Rua da Arquidiocese de BH

22/06/2020

As portas da Serraria Souza Pinto estão abertas, desde o dia 13 de junho, para acolher moradores em situação de rua de Belo Horizonte, que hoje são mais de 9.066 pessoas. Sensibilizada e consciente da necessidade desses moradores, ainda mais vulneráveis neste momento de pandemia, a Feluma – Fundação Educacional Lucas Machado entrou em parceria com a Pastoral de Rua da Arquidiocese de BH na ação chamada “Canto da Rua Emergencial”. Foram doados, para um período de 90 dias, kits de higiene pessoal e desinfecção, que estão sendo entregue aos que procurarem o local.

Com capacidade para atender até 600 pessoas, o local funciona de todos os dias da semana, de 07h às 14h. Todos terão que passar por uma barreira sanitária, para higienizar as mãos e receber máscaras e luvas, sendo esse o protocolo inicial adotado para o espaço. Após passar por essas medidas os moradores são direcionados aos serviços oferecidos, como banho, kit alimentação, escuta social etc.  A ação é uma realização da Pastoral de Rua da Arquidiocese de BH, do Instituto Unibanco e do Vicariato Episcopal para Ação Social, Política e Ambiental, tendo como apoiadores além da Feluma e Faculdade Ciências Médicas, o Governo do Estado de Minas Gerais e a Prefeitura de Belo Horizonte.

Apoiar essa iniciativa significa contribuir para proporcionar condições mais dignas e acolhimento para pessoas que têm extrema necessidade, portanto é uma ação que tem propósito alinhado à Feluma (Fundação Educacional Lucas Machado), que atua com foco na inclusão e na disseminação da diversidade étnica e cultural e para a redução das desigualdades, promovendo avanços na metodologia de ensino-aprendizagem para a formação de profissionais.

Voltar ao topo