Carreira

Especialidades médicas do futuro: descubra quais são e saiba se preparar para elas!

Você já parou para pensar quais são as especialidades médicas do futuro? Ficar por dentro das maiores tendências e das inovações na área da saúde é importante para manter seus conhecimentos atualizados.

Autor
FELUMA
Postado em 29 de março de 2021 - Atualizado em 7 de abril de 2021

Você já parou para pensar quais são as especialidades médicas do futuro? Ficar por dentro das maiores tendências e das inovações na área da saúde é importante para manter seus conhecimentos atualizados. Além disso, essa é uma informação que pode direcionar a sua escolha profissional e impactar na sua posição no mercado.

A seguir, explicaremos melhor como a medicina tem avançado nos últimos anos, quais são as principais tendências e quais especialidades médicas vão acompanhar as inovações que virão com tudo. Confira!

O avanço da medicina nos últimos anos

A medicina tem avançado muito nos últimos anos, principalmente graças ao grande desenvolvimento tecnológico pelo qual nossa sociedade tem passado. Abaixo, separamos alguns pontos de destaque que mostram o futuro da área médica.

Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial (IA) oferece diversas possibilidades para a medicina. Associada ao Cloud Computing é possível armazenar todas as informações referentes aos pacientes na nuvem e permitir que elas sejam acessadas por outros profissionais a qualquer momento. Isso é ótimo para uma abordagem interdisciplinar e definição de um diagnóstico mais preciso.

A partir daí, pode-se realizar um trabalho em conjunto para identificar os sintomas, contextualizá-los ao histórico médico que o paciente já apresenta e apontar quais condições poderão se desenvolver ao longo do tempo.

Telessaúde

A telessaúde deixou de ser uma tendência e já faz parte dos cuidados com a saúde dos pacientes. Ela permite a realização de consultas online, por meio da internet e dispositivos móveis (como tablets e smartphones).

Contudo, vale reforçar que ela é um apoio para os cuidados primários com a saúde e, de forma alguma, substitui o acompanhamento presencial com o médico de referência. 

Com a pandemia pelo novo coronavírus, a telessaúde, já autorizada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), ganhou um destaque ainda maior. As recomendações de distanciamento social permitiram que muitos pacientes (que não apresentam sintomas mais sérios e urgentes) tenham aconselhamento médico virtual.

Uma tendência que estava começando a se estabelecer, foi acelerada e agora provavelmente será aprimorada e expandida.

Próton terapia

Aqui, estamos falando da possibilidade de realizar um tratamento mais eficiente para o câncer, já que apresenta resultados promissores, ao mesmo tempo em que causa um dano bem menor a tecidos que são saudáveis.

Principais tendências para a área médica

Para o futuro, podemos esperar um investimento ainda maior em inteligência artificial, robótica e tecnologias genômicas. Espera-se que cada vez mais as atividades possam ser realizadas por robôs, de uma maneira muito precisa. 

Também vale a pena citar a utilização do aprendizado de máquina (machine learning) para suportar o desenvolvimento de robôs que poderão substituir perfeitamente os especialistas durante as cirurgias nos pacientes.

Robótica

A robótica vem trazendo inovações para a medicina e têm um grande potencial para os próximos anos. Já é possível desfrutar de algumas vantagens na área da saúde, como a realização de cirurgias.

No que diz respeito às cirurgias, os benefícios são diversos e envolvem:

  • menor tempo de recuperação do paciente;
  • procedimentos cada vez menos invasivos;
  • recuperação mais rápida.

Especialidades médicas do futuro

Afinal, quais são as especialidades médicas do futuro? A seguir, mostramos uma lista de áreas que vão se beneficiar bastante da modernização na área da saúde e como elas se relacionam com as novas tecnologias.

médico segurando um estetoscópio, representando as especialidades médicas do futuro

Clínica geral

Existem dispositivos equipados com sensores que podem ser utilizados constantemente por pacientes. Chamados de wearables, eles contribuirão para monitorar os mais variados sinais e transmiti-los para o dispositivo usado pelo médico.

Já podemos ver algo parecido com isso nas smartbands. Eles representam pequenos relógios que carregam diversas funções. Entre elas, o monitoramento cardíaco e da qualidade do sono, o que ajuda a ter uma ideia dos hábitos adotados pelos usuários.

Com isso, os médicos poderão acompanhar bem de perto a evolução dos seus pacientes, identificar possíveis problemas com antecedência, obter informações importantes para a prática da telessaúde e identificar a necessidade de alguma intervenção médica com antecedência.

Oncologia

Os tratamentos com quimioterapia e radioterapia adotados atualmente mostram, em geral, bons resultados. Porém, são considerados mais agressivos, dadas as consequências que eles provocam nos pacientes.

Isso acontece devido ao fato de que o tratamento também destrói células sadias, não apenas as responsáveis pelo tumor. Todavia, as técnicas já estão sendo aprimoradas, principalmente com a utilização de nanopartículas e medicamentos inteligentes que agem somente sobre as células cancerígenas.

Essas técnicas serão utilizadas para que os medicamentos sejam direcionados somente ao tumor, preservando as células saudáveis e minimizando os impactos negativos que o tratamento pode provocar.

Além disso, foi introduzida no mercado a braquiterapia, que permite tratar alguns tipos de câncer de forma mais direcionada. Para isso, coloca-se um material (dentro do corpo do paciente) que fica responsável por emitir a radiação.

Nesse processo, é feita a aplicação de anestesia para a inserção do material. Tudo ocorre no ambulatório e de forma bem rápida — durante, em média, uma hora. O procedimento não requer hospitalização. 

Radiologia

Especialistas em análises de imagens radiológicas podem aproveitar a inteligência artificial para criar interpretações mais ágeis e acertadas. Com algoritmos de machine learning, consegue-se configurar os equipamentos para que eles reconheçam padrões e aprendam a identificar possíveis anormalidades, que podem estar ligadas a alguma condição. 

Com isso, é possível realizar diagnósticos ainda mais precisos e em um espaço de tempo menor que o habitual. É necessário estar preparado e capacitado para lidar com esse tipo de tecnologia no dia a dia, uma vez que a tendência é que ela faça parte da rotina desses profissionais no futuro.

Medicina do Esporte

Especialidades médicas que trabalham com esporte e reabilitação poderão contar com informações cada vez mais completas ligadas à performance e aos pontos fracos que os pacientes apresentam.

Com isso, ficará mais fácil saber quais mudanças precisam ser aplicadas para que o desempenho seja superior, otimizando os pontos fortes e identificando as questões que precisam ser mais bem trabalhadas e desenvolvidas.

Porém, a evolução não diz respeito apenas ao desempenho que pode ser conquistado. A tecnologia também vem para encontrar meios de minimizar o tempo necessário para a recuperação desses pacientes.

Dermatologia

A dermatologia também pode ser considerada uma das especialidades médicas do futuro. Ela poderá contar com aplicações baseadas em machine learning e inteligência artificial para identificar condições de pele.

Assim, se o algoritmo aponta a existência de algum tumor, por exemplo, será possível utilizar a nanotecnologia para tratar o câncer com um custo mais baixo, de forma mais eficaz e com mais agilidade do que atualmente.

A área estética já vislumbra muitos recursos de última geração. Será possível aproveitar tecnologias genômicas e robôs para aplicar tratamentos nos pacientes, promovendo uma aparência mais jovial e saudável por meio da preservação das células.

Oftalmologia

A oftalmologia é outra especialidade médica do futuro. Será possível restaurar a visão de quem a perdeu utilizando implantes de retina. Isso também auxilia quem não consegue mais diminuir ou ampliar imagens. 

Também será cada vez mais possível utilizar a inteligência artificial para detectar os mais variados problemas que acometem os olhos e a visão. Com isso, a tecnologia terá um papel fundamental no diagnóstico precoce e no tratamento de doenças oftalmológicas.

Outra tendência é a de que a especialidade também tenha cirurgias robóticas, associadas à inteligência artificial. Dois bons exemplos que podem surgir muito em breve com esses avanços são os de cirurgia de catarata e refrativa.

Ortopedia

A impressão 3D é uma inovação relativamente recente e começou tomando conta do ambiente industrial. Aos poucos, os equipamentos foram se tornando mais acessíveis e passaram a ser utilizados para outros fins. Um deles é a criação de implantes, órteses e próteses na ortopedia.

Além disso, ela também ajuda no planejamento de cirurgias nos pacientes. Por meio de exames de imagens, como a tomografia e a ressonância magnética, é possível criar modelos em 3D que são utilizados como guia para os procedimentos.

É difícil desassociar a ideia de especialidades médicas do futuro com um uso ainda mais avançado da tecnologia como suporte às atividades, ao acompanhamento, à realização de diagnósticos e até mesmo à realização de tratamentos nos pacientes. Isso significa que uma das principais características que esses profissionais devem ter é a atualização constante e a familiaridade com a incorporação da inovação no dia a dia.

Gostou deste conteúdo e quer saber ainda mais sobre questões ligadas à área da saúde? Então, siga nossos perfis nas redes sociais e não perca as novidades e as atualizações do blog! Estamos no Facebook, no Twitter e no Instagram!

Posts Relacionados

Conheça algumas áreas da fisioterapia e encontre a melhor opção para se especializar!

FELUMA
31 de março de 2021
leia agora

Conheça 8 especializações em Medicina para alavancar a sua carreira!

FELUMA
31 de março de 2021
leia agora

Aumento salarial e outras oportunidades: saiba explorar o mercado de trabalho no ramo da Saúde!

FELUMA
29 de março de 2021
leia agora

Fique por dentro das nossas novidades!

Insira o seu melhor e-mail e receba conteúdo exclusivo

    Ciências Médicas de Minas Gerais
    Alameda Ezequiel Dias, 275, CEP: 30130-110
    Belo Horizonte/MG - Brasil
    FacebookTwitterInstagram
    Copyright © 2020 Fundação Educacional Lucas Machado. Todos os direitos reservados.