O Centro de Memória da FCM-MG foi inaugurado e espera sua visita

21/05/2019

A Faculdade Ciências Médicas inaugurou no dia 14/5, o Centro de Memória, localizado no térreo da Faculdade.

Na ocasião, mais de 130 pessoas participaram, entre representantes da Academia Mineira de Medicina, dirigentes de museus, centros históricos e de cultura de Belo Horizonte, lideranças e profissionais da FELUMA, e doadores eméritos do Centro de Memória.

Durante a solenidade, a museóloga e historiadora, Paola Cunha, fez a abertura e explicou o processo de composição do espaço. Em seguida, o curador, prof. Geraldo Magela Gomes da Cruz, ressaltou a importância da iniciativa para preservar e disseminar a história institucional e inserir a cultura no ambiente acadêmico da educação e ensino. Em seguida, Dr. Lucas Machado destacou momentos relevantes da trajetória do pai, fundador da Instituição, na época em que exercia a Medicina, e Dr. Wagner Eduardo Ferreira agradeceu a participação de todos, convidando os presentes para conhecer o Centro de Memória.

O acervo conta com mais de 1.500 peças históricas que retratam a trajetória da instituição ao longo de quase sete décadas. Dessas, cerca de 350 estão em exposição, podendo ser vistas pelos visitantes. O Centro começou a ser montado, em 2016, com curadoria do professor Geraldo Magela Gomes da Cruz.

Dois anos mais tarde, em 2018, o trabalho de higienização e catalogação do acervo foi iniciado. Foram identificados recursos didáticos, como projetores de slides e retroprojetores, materiais de laboratório, equipamentos usados em consultas e tratamentos, livros, mobiliário, fotografias, documentos institucionais e muitos outros objetos.

O Centro de Memória já está aberto ao público, de segunda à sexta, das 10h às 17h. Para saber mais, entre em contato pelo telefone 3248-7248 ou pelo e-mail centrodememoria.feluma@feluma.org.br.

 

Voltar ao topo