• 14/01/2020

    A FCM-MG está com as inscrições abertas para o vestibular dos cursos de graduação em Fisioterapia e Psicologia até o dia 27 de janeiro, às 17h.

    Para os jovens que desejam construir uma carreira e adquirir formação profissional, ainda está em tempo de aproveitar essa oportunidade que envolve ingressar numa instituição de ensino de alta credibilidade no mercado. O curso de Fisioterapia da Ciências Médicas – MG é o que tem mais tempo de existência no estado de Minas Gerais, com 50 anos de história, aliando tradição à modernidade. Já o curso de Psicologia apresenta estrutura curricular inovadora, com formação voltada para a prática em seus diversos campos de atuação. O aluno vivencia a realidade da profissão no Hospital Universitário, nos ambulatórios e na clínica-escola, um espaço que oferece assistência psicológica gratuita à comunidade.

    Com diversas possibilidades de prática da profissão, a Faculdade Ciências Médicas – MG oferece ampla e moderna infraestrutura como o Laboratório de Habilidades e Simulação Realística (LabSim), que permite a realização de cenários e práticas de avaliação para introdução da prática desde o começo do curso. Os alunos também participam de pesquisas científicas e extensão.

    As inscrições para o vestibular podem ser feitas até o dia 27/1, às 17h, pelo site www.vestibular.cmmg.edu.br

    São ofertadas 20 vagas para ingresso no primeiro semestre de 2020, sendo 10 para Fisioterapia e 10 para Psicologia.

    As provas de vestibular serão realizadas no dia 2 de fevereiro, domingo.

    Mais informações pelo site www.vestibular.cmmg.edu.br ou pelo telefone (31) 3248-7124
    .

  • 09/01/2020

    Recém-inaugurado no dia no início de dezembro do ano passado, o Teatro Feluma, com capacidade para 409 pessoas, já sediou colações de grau dos cursos de graduação da Faculdade Ciências Médicas MG e também o espetáculo “O palco Iluminado”; com apresentações que ocorreram em dois finais de semana, sendo um deles para convidados e outro aberto ao público em geral.

    Agora, neste início de 2020, nos meses de janeiro e fevereiro, o Teatro está participando da 46ª Campanha de Popularização do Teatro & Dança e já faz parte do circuito cultural de Belo Horizonte.

     

    Confira as peças em cartaz:

    • A comédia dos defuntos sem cova

    O texto conta a história de um mendigo que mora numa cova de um cemitério em Belo Horizonte, onde recebe a visita de um amigo (também mendigo) do Rio de Janeiro, para passar o feriado de Finados. O texto propõe duras reflexões: a falta de moradia, a desigualdade social, o capitalismo como cerne das relações- tópicos discutidos sob uma situação cômica e surreal.

    • Diáfanos

    Sobretudo, é preciso falar de amor. O espetáculo “Diáfanos” emergiu do encontro dos atores, Marco Perpétuo e Bruna Brandão, que dão vida a Samuel e Clarice. Personagens que estão ligados no tempo, para o tempo e com o tempo. Um espetáculo autoral, que tem como fio condutor, o afeto – em tempos sombrios.

    • As loucuras do meu anjo

    Celeste é o anjo da guarda de Alex, mas ela é muito indisciplinada e o deixa cometer muitos pecados. Nisso, recebe um castigo: vai se tornar humana por um tempo para mostrar pra ele como que as coisas da vida são. Só que eles se apaixonam e muita confusão vai marcar a vida dos dois garantindo ao público inúmeras risadas.

    • 68

    Espetáculo que aborda a ditadura militar em BH.

    • O homem do caminho

    “O Homem do caminho” conta a história da personagem Iur, que tem três nomes, sendo que um deles é desconhecido pelo próprio Iur. É uma forma de enganar a morte, pois quando chegar a sua vez, ele não vai escutar o chamado. Iur é um cigano contador de histórias, que diverte os que estão à sua volta.

    • Os outros

    Um inferno onde todo sofrimento é infligido pelo outro, pela incapacidade que cada um tem de fugir ao olhar e julgamentos alheios. A morte é a objetivação final. Não há como mudar a história. Este é o mote de “OS OUTROS”, baseado na obra “ Entre Quatro Paredes” de Jean Paul Sartre. Cada personagem vê no outro sua salvação. O poder de escolha de cada um é ao mesmo tempo uma liberdade e uma prisão, pois a escolha, apesar de flexível, é obrigatória.

    • O palco iluminado

    Um neurocirurgião-ator decide aposentar o médico para tornar-se só ator; e convence um dramaturgo-diretor para escrever sobre Teatro e atuar nesse espetáculo. Os dois elegem o médico-dramaturgo-diretor e agora curador do Teatro Feluma para dirigir. Foi assim a origem do espetáculo Palco Iluminado. Claro que com tantos “opiniúdos” houve “arranca-rabos”. Mas é metateatro! O que contamos aqui é tudo verdade. Isto é…quase tudo!

     

    Para saber mais, verificar as datas e horários dos espetáculos, como e onde comprar ingressos, acesse o site do Teatro pelo endereço www.teatrofeluma.org.br e vá em programação.

     

    Contatos do Teatro:

    • Facebook: /teatrofeluma
    • Instagram: @teatrofeluma
    • Telefone: 31 3248-7250
    • E-mail: teatro@feluma.org.br
    • Endereço: Alameda Ezequiel Dias, 275 – 7º andar – Centro – Belo Horizonte – MG.

     

  • 05/12/2019

    Feluma inaugura novo espaço de incentivo à cultura, artes e educação em Minas

    A Fundação Educacional Lucas Machado (Feluma) inaugurou, nesta semana (02/12), o Teatro Feluma – Professor Dr. Geraldo Magela Gomes da Cruz. Localizado no 7º andar da Faculdade Ciências Médicas, o evento contou com a apresentação da Bateria Batráquios, composta por alunos da Faculdade Ciências Médicas, e com a apresentação de violinistas da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais.

    No evento de inauguração, estavam presentes o vice-governador de Minas Gerais, Paulo Brant, o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Agostinho Patrus, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, a promotora de Justiça da Procuradoria de Fundações, Dra. Valma Leite. Além de autoridades das esferas municipal e estadual, o evento contou com a participação presidente da Feluma, Dr. Wagner Eduardo Ferreira, do diretor da Faculdade Ciências Médicas – MG, professor José Celso Guerra, do curador do Teatro, Dr. Jair Raso, e o homenageado, professor Dr. Geraldo Magela Gomes da Cruz. A classe artística foi representada por produtores, atores e pelo presidente do Sindicado dos Produtores de Artes Cênicas de Minas Gerais (Sinparc-MG), Rômulo Duque, e da presidente do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado de Minas Gerais, Magdalena Rodrigues.

    O vice-governador, Paulo Brant, agradeceu à Feluma pela iniciativa. “Hoje minhas palavras são de agradecimento à Feluma por essa dádiva de oferecer um espaço de fomento à cultura, artes e educação”, ressaltou. O presidente da ALMG, Agostinho Patrus, falou sobre a importância do espaço para as artes mineiras. “O Teatro Feluma oferece ambiente de qualidade para produções de artistas mineiros e promove a integração entre a cultura e o ensino acadêmico”, pontuou.

    O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, destacou a relevância da Feluma para a capital mineira. “Deixo registrado o agradecimento da Prefeitura de Belo Horizonte e ressalto que nossas portas estão abertas para tudo que essa Fundação, que faz tanto pela cidade, precisar”, afirmou.

    O presidente da Feluma, Dr. Wagner Eduardo Ferreira, explicou o propósito do Teatro para o incentivo às produções artísticas mineiras. “É obrigação nossa continuar esse sonho iniciado por Lucas Machado e torná-lo realidade. Estamos entregando este teatro para Belo Horizonte e Minas Gerais para que qualquer artista mineiro possa fazer seus espetáculos”, declarou.

    O homenageado da noite, professor Dr. Geraldo Magela, contou sua trajetória como médico formado pela Ciências Médicas e todos os anos que tem vivenciado na instituição. O diretor da Faculdade Ciências Médicas – MG, professor José Celso Guerra, enfatizou o papel do espaço na valorização das artes e da cultura. A promotora de Justiça da Procuradoria de Fundações, Dra. Valma Leite, reforçou o crescimento da Feluma nos últimos anos e a gestão sustentável e eficiente. O curador do Teatro, Dr. Jair Raso, comentou a proposta do espaço, a importância da inserção das artes no ambiente acadêmico e prestou uma homenagem à presidência da Feluma com a participação da Bateria Batráquios, que tocou a canção “Anunciação”, de Alceu Valença.

    O Teatro Feluma tem capacidade para 409 pessoas e visa democratizar o acesso às artes e à ciência, aos estudantes matriculados pelo Programa Universidade Para Todos (ProUni), que terão 10% de assentos gratuitos disponibilizados em forma de rodízio e mediante emissão prévia de ingresso.

  • 27/11/2019

    A Pós-graduação Ciências Médicas MG participou do IV Encontro Nacional DRG Brasil e lançou a plataforma CID-10 no evento. O encontro, realizado em Belo Horizonte, no Hotel Ouro Minas, nos dias 21 e 22 de novembro, reuniu representantes de operadoras de sistemas de saúde, das redes pública e privada, e de hospitais que cuidam de 10,3 milhões de brasileiros, representando 21% das vidas da saúde suplementar.

     

    O DRG Brasil é uma plataforma de governança clínica capaz de transformar dados assistenciais e econômicos em informações para aumentar a entrega de valor pelo sistema de saúde, levando em conta as características do paciente e sua complexidade e criticidade clínicas, utilizando como parâmetro os referenciais nacionais. A plataforma é 100% compatível com o sistema de saúde brasileiro e, por isso, é uma das principais ferramentas para a gestão da saúde no Brasil.

     

    Durante o Encontro, a Pós-graduação Ciências Médicas lançou, em parceria com o Instituto de Acreditação e Gestão em Saúde (IAG Saúde), a ferramenta de treinamento CID – 10.

     

    A ferramenta CID-10 é uma plataforma que possibilita a contagem de doenças, lesões, sintomas, motivos para contato, fatores que influenciam o estado de saúde e causas externas de doença. Essas informações de saúde são usadas para epidemiologia, prevenção, gerenciamento de assistência médica, alocação de recursos, monitoramento de resultados, em pesquisa, contexto clínico e atenção primária.

     

    Dada a importância da plataforma, a Organização Mundial de Saúde (OMS) concedeu à Fundação Educacional Lucas Machado (Feluma), os direitos de tradução e publicação para a versão em português, sendo a Feluma a única responsável pela qualidade e confiabilidade do conteúdo na língua brasileira. Acesse aqui e conheça a plataforma CID 10.

     

    Sempre acompanhando as referências e tendências de gestão na saúde, a Pós-graduação Ciências Médicas é pioneira no lançamento de cursos na área de DRG no país e participa na produção de conteúdo, por meio da colaboração coletiva de pesquisadores, artigos científicos e temas livres em congressos.

  • 14/11/2019

    Estão abertas as inscrições para o Programa de Mestrado Acadêmico em Ciências da Saúde da Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais de 2020.

    Os interessados em participar do processo deverão seguir as instruções disponíveis no Edital:

    – Edital do Programa de Pós-Graduação stricto sensu Mestrado Acadêmico em Ciências da Saúde

    – Edital de Prorrogação do Programa de Pós-Graduação stricto sensu Mestrado Acadêmico em Ciências da Saúde

     

    Acesse o modelo de a Carta de Intenção e a Apresentação de Projetos de Pesquisa abaixo:

    – Modelo de Carta de Intenção.

    – Modelo para Apresentação de Projetos de Pesquisa.

     

    As inscrições se encerram às 17h do dia 20 de janeiro de 2020.

    INSCREVA-SE

     

    Clique aqui para mais informações.

Voltar ao topo