Internato de Saúde Coletiva

Internato de Saúde Coletiva

O Internato de Saúde Coletiva, também conhecido como Internato Rural, é uma disciplina curricular dos quatro cursos da Faculdade Ciências Médicas – MG, Medicina, Enfermagem, Fisioterapia e Psicologia. A disciplina é desenvolvida sob a forma de estágio, que visa promover a integração das atividades de ensino com os serviços públicos de saúde.  O Internato Rural possui parceria institucional com a Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais e as Prefeituras Municipais, com o objetivo de colaborar na reorganização dos serviços de saúde e na mudança do modelo assistencial, observando os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS).

O Internato Rural atua nas zonas urbana e rural de alguns municípios do estado, quase todos de pequeno porte. As cidades nas quais o Internato Rural esteve presente:

 

Clique no mapa para ampliá-lo ou se preferir faça o download do arquivo em PDF.

 

Clique e conheça as cidades

 

 

As atividades da disciplina consistem de atenção básica em saúde e práticas de saúde coletiva. As Unidades Básicas de Saúde propiciam espaços privilegiados para as práticas docente-assistenciais, nas quais os estagiários se integram às atividades desenvolvidas pelas equipes de saúde locais, especialmente as do Programa de Saúde da Família (PSF).

A expectativa da disciplina é que o convívio e a atuação integrada, nas diversas atividades, entre seus alunos e professores e os profissionais das unidades básicas de saúde.Os alunos se inserem nos serviços básicos de saúde dos municípios e atuam junto aos seus profissionais e às equipes de PSF, a expectativa é de que isto contribua para tornar sua formação profissional mais adequada às necessidades do SUS, conforme preconizam as Diretrizes Curriculares.

As ações realizadas incluem atividades clínicas, em nível ambulatorial, e de saúde coletiva, no âmbito da promoção da saúde e da prevenção de doenças, tais como: educação em saúde, visitas domiciliares, capacitação de Agentes Comunitários de Saúde, avaliação das condições de saúde e de vida da população, levantamentos epidemiológicos, identificação de grupos de risco, projetos de pesquisa, grupos operativos de pacientes e outras atividades junto à comunidade. Procura-se enfatizar as ações de promoção de saúde da mulher, da criança, do adolescente e a atenção à terceira idade. O atendimento clínico individual feito pelos alunos do Internato tem possibilitado um aumento considerável na oferta de consultas nas áreas cobertas pelo PSF, ampliando o acesso da população aos serviços básicos de saúde.

Veja um pouco de uma das etapas mais importantes na formação dos nossos profissionais de saúde:

Voltar ao topo